Thumbnail do Setores e Processos de uma Loja Virtual.

Setores e Processos de uma Loja Virtual.

Hoje você vai aprender como funcionam as áreas e processos de uma loja virtual, a fim de evitar a falência.

Te também conhecerá a importância de cada setor e como replicar em sua loja virtual.

Vamos começar:

Setores de um e-commerce

Um e-commerce é uma empresa e toda empresa tem setores ou áreas. Para o e-commerce isso não é diferente.

Quando você distribui a organização de seu e-commerce por setores, passa a ter clareza de todos os processos que ocorrem desde a compra do produto no fornecedor até a entrega para o cliente.


Vamos falar de processos a seguir, continue lendo.


Dependendo do tamanho da sua equipe, é natural que uma única pessoa acumule diversas tarefas. Às vezes essa pessoa é o dono, na maioria dos casos.

O dono é quem, muitas vezes, negocia e compra do fornecedor; define preços; cadastra produtos; organiza o estoque; faz financeiro e até mesmo o Marketing.

Está errado fazer isso?

Claro que não.

Mas assim, você não vai crescer, suas vendas não irão aumentar e ainda corre o risco de perder dinheiro com campanhas de marketing sem resultados.

Você se torna um escravo do negócio.

Veja esse exemplo:

Um amigo chamado Marcos, dono de uma das maiores lojas virtuais no segmento de cosméticos.

Iniciou sua loja em Fevereiro de 2008, como a maioria dos empresários brasileiros.

Pouca grana, sem capital de giro, mas muita dedicação e vontade para que o negócio desse certo.

Como dizem: “foi na raça”.

Marcos fazia tudo, inegavelmente tudo: comprava, precificava, cadastrava, fazia o marketing e vendas.

O negócio tomou conta da vida dele, se tornou seu próprio escravo, literalmente.

Não tinha mais horário de trabalho. Trabalhava praticamente 24 horas, todos os dias.

Quando não estava no escritório, estava em casa a todo momento acessando o painel administrativo da loja para saber se tinha mais vendas.

Foi então que os problemas de saúde começaram a aparecer devido a má alimentação e preocupação.

Não dava mais atenção a pequena Júlia, de 7 anos, sua única filha.

A esposa passou a reclamar da falta de atenção, as brigas passaram a ser recorrentes e a separação foi questão de tempo.

Saber o que foi pior?

O lucro da loja virtual era apenas 10% superior ao salário que o Marcos tinha quando trabalhava registrado.

Essa história se repete em diversas vidas de empreendedores pelo Brasil a fora e pode ser a sua também.

Não quero lhe causar pânico, mas sim, alertá-lo!

Qual foi a solução adotada por Marcos?

Tem um ditado que diz:

“Se você ainda é um peixe, siga as baleias. Elas conhecem o mar como ninguém”.

Foi isso que o Marcos adotou: seguiu as grandes lojas, criou processos, passou a investir pessoas e delegou tarefas à elas.

Começou separando as tarefas que mais consomem tempo.

Em uma análise rápida, ele conseguiu identificar as tarefas que mais lhe consumiam tempo, listados por ordem:

  1. Marketing;
  2. Atendimento ao cliente;
  3. Cadastro de produtos;
  4. Fornecedor.

Segundo Marcus Lemonis, do programa O Sócio, para um Negócio dar certo precisa ter:

  • Produto;
  • Pessoas;
  • Processos.

Agora vamos falar de processos…

Processos de um e-commerce

Para resumir os processos de um e-commerce, disponibilizei o mindmeister usado pelo Marcos, para que possa entender de forma simples e clara os processos de um e-commerce.

Veja a imagem:

Conclusão:

Você aprendeu os setores de processos de um e-commerce e a importância de cada um deles.

Falamos de diversos assuntos que tenho certeza que irão agregar para o crescimento do seu negócio.

Espero ter ajudado de alguma forma e que este conteúdo tenha algum impacto positivo para seu e-commerce.