Existem diversas estratégias que fazem parte do Marketing Digital e uma das que mais se destaca é o Inbound Marketing. Trata-se de técnicas para atrair e converter clientes que se mostra bastante eficiente. 

O Inbound também é chamado de Marketing de Atração, onde o objetivo principal é fazer com que o público se identifique e reconheça uma marca. 

Falando a grosso modo, a estratégia educa e gera valor para clientes potenciais dentro da jornada de compra. É como se o cliente fosse guiado em cada etapa jornada para solucionar uma única dor. 

No entanto, captar e atrair clientes não é algo tão simples quanto parece. Para dar resultado, o Inbound precisa de algumas técnicas, tanto para ser colocado em prática, como também para chegar em seu objetivo principal: fazer o cliente resolver a sua dor com o que você tem a oferecer. 

Mas quais são essas técnicas? É isso que você irá conhecer neste artigo. Porém, antes de começarmos, preciso te apresentar um pouco mais do Marketing de Atração. Confira a seguir.

O que é Inbound Marketing?

o-que-é-inbound-marketing

Ao contrário do que é feito no Outbound Marketing, onde a empresa fica incumbida de encontrar o cliente, no Marketing de Atração, é o cliente que vem até ela de forma espontânea.

Neste caso, a empresa não utiliza meios como anúncios pagos ou promoções para que esse cliente se sinta atraído. As técnicas são outras e fazem com que o próprio consumidor encontre a empresa. 

Para muitos, essa é a solução de todos os problemas. Afinal, quem não quer ter um negócio em que os clientes é quem te procuram? 

Mas, para que isso ocorra, o Inbound Marketing precisa ser sustentado por uma série de técnicas que em conjunto, trarão o resultado esperado. 

Para isso, as estratégias de marketing educam o cliente desde quando ele descobre a empresa até chegar ao ponto de ter o que precisa. Esse caminho é chamado de jornada de compra e promove uma espécie de filtro entre os interessados pela sua marca. 

Ao final da jornada, o seu negócio recebe apenas aqueles que de fato estão interessados em adquirir o que você tem a oferecer. Isso porque em cada etapa ele identificou que tinha uma dor que somente você consegue resolver. 

Mas, como isso é feito? É o que vou te mostrar agora. Acompanhe:

1) Quem é a sua persona?

quem-é-a-sua-persona

Qualquer ação tomada visando o marketing precisa ter um público definido. Mas, o público-alvo em si é algo muito amplo e genérico, onde a marca pode se perder no meio da estratégia. 

Por isso, é necessário detalhar e especificar ao máximo o seu tipo de cliente, o que é chamado de Buyer Persona

A Buyer Persona é um avatar, um tipo de personagem que descreve o cliente ideal daquela marca. Ela possui nome e características que levam uma identificação para a empresa, facilitando o entendimento das dores daquele potencial cliente. 

O Inbound Marketing precisa dessa Buyer Persona para ter sucesso. Então, a primeira técnica que você deve aplicar a sua marca é a definição desse avatar, para assim começar a pensar em estratégias de atração para esse público. 

2) O que a sua marca tem a dizer?

o-que-a-sua-marca-tem-a-dizer-com-o-inbound-marketing

O Inbound Marketing pode ser definido em quatro estratégias: atração, conversão, fechamento e fidelização. E a melhor forma de aplicar todas essas etapas em um planejamento é através da produção de conteúdo. 

Isso porque a técnica é bastante versátil. É possível produzir conteúdos que atraiam clientes, da mesma forma que outros para a sua fidelização. Por isso, todo negócio, seja ele grande ou pequeno, deve investir na criação de um blog. Aqui o Marketing de Atração se funde ao Marketing de Conteúdo. 

No blog, a sua empresa terá espaço para falar com o cliente, onde ele poderá identificar as dores que sente e as soluções para esse problema. 

Só que não é somente criar um blog. Você precisa ter em mente que esse espaço precisa estar sempre atualizado com conteúdo de qualidade e relevância. É através dele que a sua Buyer Persona irá te conhecer e identificar uma dor que, muitas vezes, ela nem tem noção que possui.

O conteúdo deve ter como base a jornada de compra, onde o cliente passa por todas as etapas até tomar a decisão de adquirir um produto ou serviço.

E como isso é feito? Te mostro a seguir. 

3) A sua jornada de compra

jornada-de-compra-inbound-marketing

Antes do cliente tomar a decisão de comprar algo, ele percorre todo um caminho que o guia para chegar àquele ponto: a aquisição de um produto ou serviço. Isso é chamado no marketing de Jornada de Compra. 

A Jornada é dividida em 4 etapas:

  • Aprendizado e descoberta;
  • Reconhecimento do problema;
  • Consideração da Solução;
  • Decisão de compra. 

Aqui o cliente passa por uma espécie de filtro, conhecido também como Funil de Vendas. 

Quando a sua Buyer Persona entra na etapa de Aprendizado e Descoberta, nem sempre ela está de fato precisando do que você está oferecendo. Pode ser que ela caiu ali por acaso. 

É por isso que o cliente passa por um funil nas estratégias de Inbound Marketing. A jornada de compra trabalha afunilando os clientes que consomem o seu conteúdo, de forma a que chegam na última etapa somente aqueles que têm real interesse no produto e estão mais propensos a fazer uma compra.

Neste caso, a jornada em conjunto ao funil de vendas, faz uma qualificação para encontrar a Buyer Persona e levá-la até a etapa de compra. 

4) Use as palavras certas

palavras-chave
Keywords Research banner. Laptop with a folder of documents and graphs and key. Vector flat illustration

Mesmo aplicando todas essas técnicas, é muito comum surgir a dúvida de como os clientes irão te encontrar. A resposta está nas palavras-chave.

A produção de conteúdo não é estruturada apenas no modelo de uma jornada de compras. Ela precisa de um toque a mais que será fundamental para que os clientes acessem aos conteúdos. 

Imagine que você tem dúvidas sobre Marketing de Atração e foi até o Google pesquisar sobre o assunto. Para encontrar conteúdos sobre isso, você digita as palavras “Inbound Marketing”. 

Sem nem pensar, você utilizou duas palavras-chave para encontrar sobre o assunto que tem dúvidas. 

Assim, além de produzir um conteúdo de qualidade, com informações de relevância, também é necessário introduzir algumas palavras que a Buyer Persona utiliza nos sites de pesquisa.

Essa técnica é chamada de SEO ou Searching Engineering Optimization, que não apenas ajudam o seu cliente te encontrar, como também melhoram o seu posicionamento nos mecanismos de busca, mas isso é assunto para outra pauta

Essas são as técnicas utilizadas para fazer o seu cliente potencial te encontrar na internet através do Inbound Marketing. 

Se bem aplicadas, o seu negócio tem muito a ganhar, já que o cliente o enxergará como uma solução. As chances dele transitar pela jornada de compra e adquirir o seu produto ou serviço são mais altas, porque ele foi educado para reconhecer um problema e encontrar a solução, que é dada por você.